N-Gala Dos Talentos 2007

May 19th at 12:00am

A ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA NOMEADA PELA SEGUNDA VEZ

A nossa Instituição teve o prazer  de se ver prestigiada pela nomeação aos  Prémios Talentos, pela segunda vez.
No ano passado concorreu junto de outras duas Instituições, uma do Uruguai e outra do Luxemburgo, numa terna  da qual saiu vencedora  a  irmã Instituição uruguaia.
Este ano a Associação Portuguesa de Comodoro Rivadávia deverá competir com uma Instituição da França e a Associação Mulher Migrante , secção em Buenos Aires da Associação Mulher Migrante ,  criada em Lisboa em 1993
As grandes impulsionadoras desta Instituição  são a Dra. Manuela Aguiar e  a sua presidenta a Dra. Rita Gomes. 
Os responsáveis da Associação Portuguesa de Comodoro Rivadávia estão crentes que o jurí este ano considerará com toda equidade os méritos dos postulantes e reconhecerá , obviamente ,  os importantes antecedentes que fizeram  a nossa Associação, pela segunda vez,  credora desta terna.
Um exaustivo e sério trabalho de pesquisa e informação efectuado pela Professora e Licenciada  Maria Amado de Martin foi o fundamento no qual se baseou a escolha em  2006 e 2007 para a sua nomeação.
A trajectória da Associação através dos seus oitenta e cinco anos de vida tem conformado uma história  recheada de expressões e factos de grande valor simbólico e humanitário
Ela tem sido a fiel expressão da presença portuguesa nestas latitudes tão longinquas da Patagónia Argentina .Um verdadeiro baluarte dos valores culturais e civilizacionais da Pátria Lusitana . A ela se devem , sem dúvida , a permanência do sentimento português em muitos emigrantes e a adquisição dos seus costumes , cultura e valores morais por muitos integrantes da comunidade onde está inserida.
Quase que nasceu  com a cidade que é seu berço. Foi evoluindo através do tempo e cresceu com ela e ao mesmo ritmo. Comodoro Rivadávia é hoje uma pujante cidade com quase 300.000 habitantes.Muito do esforço para conseguir este sucesso foi feito por mulheres e homens que não souberam de derrotas nem cansaços. E que falavam  em português.Alguns ainda falam. Muitíssimos são os que sentem por eles grande apreço.

Maria Amado de Martin viajará novamente a Lisboa com a alma prenhe de ilusão O reconhecimento das autoridades portuguesas sempre foi um grande estimulo para esta Comunidade Portuguesa de Comodoro Rivadávia. E  o seguirá sendo , seguramente.

(19/5/2008)